segunda-feira, 25 de junho de 2012

Maciel Melo: 30 anos do poeta do Forró


Embora estejamos comemorando o (merecido) centenário do nascimento do Rei do Baião, não podemos esquecer de homenagear seu mais distinto seguidor em atividade: Maciel Melo. Nascido no longícuo município de Iguaraci, em 1962, a 360km da capital pernambucana este cantor tornou-se orgulho não só dos seus conterrâneos bem como os nordestinos ao completar nada menos que 30 anos de carreira, completados este ano. "Desafios das Léguas", lançado em 1989 foi o seu primeiro LP.


Às duras penas, porém em retorno a seu talento grandes nomes da música sertaneja como Dominguinhos, Fagner, Vital Farias e Décio Marques (entre outros) cruzaram seu caminho e o estenderam a mão. Com 14 álbuns e mais de 80 sucessos, Caboclo Sonhador é o seu grande hino. De acordo com os grandes críticos Melo abrange um estilo próprio, inspirado no seu cotidiano sertanejo, das pequenas coisas, carregado de lirismo. Talvez daí o apelido de poeta veio em seguida, associado a mistura de ritmos oriundos do xote, baião sem dispensar as inovações e, ainda assim, não comprometer a sua obra. Vida longa ao poeta e, parabéns Maciel Melo!

2 comentários:

  1. Caro Nelsinho:
    Parabenizo pela qualidade da matéria, posta no Blog Caricacuras. Falar de Maciel Melo, é reunir a essencia dos melhores forrozeiros de Pernambuco, inspirado no Rei do Baião, Luiz Gonzaga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bridão doutor Paulo, continue acompanhando o blog. Grande abraço

      Excluir